Google+

26 de jan de 2014

Surrealismo no Design de Interiores

O surrealismo, surgido a partir da década de 1920, nasceu das teorias psicanalíticas de Freud, na artística necessidade de se libertar o que há no inconsciente, resultando em obras que discutem o fantástico e o onírico em confronto com a realidade.

Imagem
Em pesquisa ao trabalho de Salvador Dalí, descobri que o artista símbolo do movimento surrealista também projetou móveis e outros objetos. As peças criadas são tão surreais como seus próprios quadros (e fotografias e filmes que viria a fazer). Inventou sofás infláveis em forma de boca, cadeiras e mesas com salto alto e mãos, sofás com curvas femininas e outras peças modernas e com fortes pitadas de humor.

Em 2012, por ocasião da grande retrospectiva do artista que aconteceu no Centro Pompidou, em Paris, Dalí ganhou também a mostra paralela My Design, com peças de mobiliário criadas pelo artista e reproduzidas pela BD Barcelona Design.








 Fonte das fotos acima:  Casa Vogue

Desde então, objetos do dia-a-dia se permitem características inusitadas e podem criar humor  ou teatralidade na decoração:


O Horse Lamp do Front Design, para a Moooi, 2006 é um abajur cujo corpo de proporções reais, imita um fantástico cavalo!














Fabio Novembre é o designer responsável pela poltrona Nemo, que materializa uma grande máscara de forte presença cênica, bem como pela criação da dupla de cadeiras "Him" e "Her", modeladas de forma irreverente sobre os nus masculino e feminino.

Philippe Starck também exerce esse lado surrealista com grandeza quando propõe um espremedor de laranjas ou um banquinho como os mostrados abaixo. A luminária Marie Coquine também brinca de maneira inusitada com a composição entre a delicadeza do lustre comum com a brutalidade do saco de boxe.

Outra referência fantástica, ao pé da letra, é o talentosíssimo light designer Ingo Maurer: borboletas, nuvens de recados, explosões e asas - não só na imaginação, mas nas próprias lâmpadas.


Os interiores não deixam de ser cenários onde a vida se processa. Existe, então, um espaço, especialmente para amante das artes e do design, para divagar nas características do tema e compor um cenário teatral surrealista:


Imagem
Imagem

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Jóia Bérgamo para a Casa Cor SP 2013


Projeto: Amsterdam Loft. Designer: Uxus.

Projeto: Amsterdam Loft. Designer: Uxus

Houzz

Érica Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...