Google+

6 de set de 2014

Como decorar ambientes com o pé-direito duplo?

Imagem

Ambientes com pé-direito duplo ou maior conquistam cada vez mais clientes (de escritórios de arquitetura ou do mercado imobiliário) pois geram a sensação de amplitude e, por que não, de grandeza! Encantam-nos as amplas aberturas para uma vista bonita ou a possibilidade de vislumbrar um mezanino, sempre tão charmoso. No caso da imagem acima, a própria arquitetura é bem resolvida: as grandes paredes são preenchidas por janelas e o ambiente abaixo é delimitado parcialmente pela estrutura marcante em madeira.

Casa Vogue

O problema é o que fazer com as amplas paredes resultantes do ambiente duplicado verticalmente. Minha experiência me diz que mesmo os adeptos da decoração mais clean sentem que falta alguma coisa em uma grande parede não-decorada. Uma dica básica é escurecer a parede para evitar a sensação de amplitude que o branco e as cores claras trazem.

Casa Vogue

Um dos segredos é criar recortes na grande extensão da parede. Mesmo mantendo o estilo clean, veja como o recorte horizontal da parede, com um painel e a iluminação linear, é fundamental na imagem abaixo. Basta fazer um exercício de imaginar a parede sem estes elementos.

Imagem


Veja como grande o espelho colocado de maneira despojada ajuda a criar essa ilusão de recorte. O interessante é que muitas vezes o espelho é usado para ampliar o espaço, mas aqui, apesar de criar profundidade, ele de certa forma reduz a sensação de imensidão que teria a grande parede sem ele.

Imagem
Esta outra imagem mostra outras formas de recortar a parede. Em primeiro lugar, existe uma divisão ao meio evidente com a criação da biblioteca. Em segundo lugar, as prateleiras ajudam a segmentar a parede abaixo e seguem a linguagem da estante acima. O projeto de marcenaria está de parabéns, contanto que os livros não sejam de uso frequente...

Imagem
Outra técnica é o do preenchimento. Para quem gosta de um ar de galeria, uma grande obra ou uma coleção podem estampar a parede:

Imagem


Imagem
Algo que ajuda a baixar visualmente o pé-direito é usar pendentes e lustres que fiquem bem abaixo do forro onde estão instalados. O importante, no caso de se ter um mezanino, é que essas luminárias sejam bonitas também vistas de cima. Mas cuidado, porque essa solução não resolve sozinha o espaço como um todo!

Imagem


Imagem

Uma última estratégia é utilizar texturas (desde que não sejam verticais) para preencher o espaço, como o painel de tábuas de madeira na imagem anterior e a parede de tijolos na seguinte.

Imagem

Por fim, um ambiente que mistura as texturas, decora as paredes e rebaixa a iluminação com grande requinte e muito aconchego.


Com certeza uma das possibilidades se encaixa ao seu estilo!


Érica Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...