Google+

3 de mar de 2015

Estilo industrial no design de interiores




Foi principalmente por volta de 1940 com o surgimento de ocupações residenciais em áreas industrias abandonadas que as características do estilo industrial começaram a adentrar os interiores domésticos. O loft trouxe frescor e liberdade na decoração e organização das moradias (saiba mais).


As características desses espaços eram a manutenção das estruturas aparentes (como dutos elétricos, vigas, pilares etc.) e acabamentos rústicos, como tijolo à vista e concreto aparente, além das grandes janelas de vidro, que originalmente haviam sido projetadas para a circulação abundante e rápida às fábricas.


Hoje, o aspecto industrial é utilizado propositalmente como uma expressão de estilo e muito agrada às pessoas de hábitos despojado e, principalmente, aos homens. Entretanto, também é possível balancear esse aspecto brutalista e masculino com toques mais suaves e confortáveis.



De qualquer forma, para quem pensa em adotar ao estilo, é recomendável manter as grandes aberturas e a planta livre que lhe são originais, para que a "brutalidade" dos acabamentos e peças de design não sobrecarregue o ambiente.


Esse estilo é cheio de personalidade! Além das estruturas e vedações aparentes, são usados móveis, luminárias e utensílios originalmente de uso em fábricas ou que também mimetizem suas características.



E tem uma super-vantagem: é muito interessante adotá-lo para facilitar instalações posteriores ao prédio original, sobrepondo-as de maneira propositalmente despojadas.


Que tal?

Érica Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...