Google+

25 de jul de 2015

Como planejar uma cozinha-corredor

Projeto: Érica Marina. Foto: Rodrigo Capilé
A cozinha-corredor tem sido o maior dos desafios para quem vai morar em apartamento, mas com um bom projeto, é possível resolver. Aqui eu compartilho com vocês como eu desenvolvi um de meus projetos cuja proposta era não haver reformas estruturais (excluída a possibilidade de quebra de paredes para integração com a sala, por exemplo). Então a marcenaria era item essencial para resolver bem o espaço. Seguindo esta linha de raciocínio, podemos observar um projeto que otimiza o espaço que o cliente possui.

O ponto de partida do estudo são os itens já ali instalados: tem-se  uma bancada de granito com local de máquina de lavar-louça e fogão pré-definidos e uma geladeira em local a definir. Como são vários pontos elétricos na cozinha, então bastaria alterar para 220V o ponto onde será instalada.


Lembrar que a geladeira tem que abrir a porta e então é por ela que começamos. Veja o estudo das opções de alocação:

1) Na entrada da cozinha, não dá para alocar a geladeira, pois a porta não abre!

2) Não é possível alocar em frente à bancada de granito, já que também não seria possível abrir a porta.


3) Se fosse na parede oposta, logo após a bancada da pia acabar, ainda assim não daria para passar entre as duas (bancada e geladeira)



4) Mais encostado à esquerda, propiciaria uma dinâmica complicada para abrir a porta. Sobra um espaço de 20 cm entre a porta aberta e a parede que não é possível acessar. Então seria necessário passar para o lado direito antes de poder abrir a porta.

5) Por fim, observa-se que é melhor que a geladeira fique no mesmo lado da bancada e com algum espaço entre eles para armário (azul). Mas não é possível afastar tanto a parede da bancada porque senão não se consegue passar conforme mostra a figura abaixo.


 Assim, a melhor localização da geladeira é conforme abaixo, com espaço para armário em ambos os lados dela:


Todas essas observações levam ao resultado de que é possível locar armários em frente à bancada da pia até chegar no limite da abertura da geladeira. Em frente a ela só caberia algo de no máximo 15 a 20 cm de espessura.


Pensei que seria interessante embutir um móvel para vinhos para o cliente, que aprecia esse tipo de bebida. Em caso de outros clientes, poderíamos pensar em nichos para temperos, uma mini horta vertical, sempre de acordo com os gostos pessoais e com o que a planta permite. Veja inspirações da adega embutida:


Inspirações: (1); (2)
Essas soluções de marcenaria resolvem da melhor forma o espaço que temos.

Viram que cozinha bacana? Funcional, prática, com espaço pra tudo! Até o luxo de um móvel para vinhos!

Érica Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...